Charlles Nunes
Por um Brasil bilíngue.
Textos
Capítulo 7.2 - Vencendo as Adversidades
The Gateway We Call Death, by Russell M. Nelson.*

Quer ser avisado sobre as novas traduções?
Clique aqui e cadastre seu WhatsApp

 

Numa reunião sacramental que participei recentemente,  conheci uma irmã não tão jovem numa cadeira de rodas. Ele não tinha a coordenação motora normal na parte de cima do corpo. Na verdade, seus braços pareciam sem uso. Eu notei, por exemplo, que seu marido colocava os emblemas do sacramento em sua boca.

Eu perguntei ao bispo sobre ela. Ele disse que ela havia se tornado uma talentosa escritora e pintora, utilizando apenas os pés. Ela também tinha aprendido crochê - com os dedos dos pés. Como eu admiro pessoas que vencem tais dificuldades desenvolvendo talentos desconhecidos para nós que não temos a assim chamada deficiência! Me sinto da mesma forma em relação aos cegos que lêem em braile, aos surdos
que se comunicam em LIBRAS, e assim por diante.

Como instrumentos vitais nas mãos do Senhor, dos profetas também se requer que vençam dificuldades para cumprir seus santos propósitos. A História está repleta de episódios miraculosos e improváveis no desenrolar do drama de seu trabalho. Muitos profetas tiveram que passar pela adversidade crucial. Nessa dispensação, o profeta Joseph Smith foi atormentado, testado e torturado. Enquanto estava sujeito à
indignidade do aprisionamento ilegal, suas preces por alívio trouxeram essas palavras do Senhor:

"Meu filho, paz seja com tua alma; tua adversidade e tuas aflições não durarão mais que um momento; e então, se as suportares bem, Deus te exaltará no alto; triunfarás sobre todos os teus inimigos." (D&C 121:7-8.)

Numa cela obscura, esse prisioneiro aparentemente esquecido recebeu essa divina promessa: Os confins da Terra indagarão a respeito de teu nome.” (D&C 122:1.)

O padrão de vencer as improbabilidades pode ser identificado entre os sucessores de Joseph Smith. Diversos exemplos poderiam ser citados. Quem Deus chamou para revelar e anunciar o privilégio do sacerdócio a todos os homens dignos? O Presidente Spencer W. Kimball - um profeta que aprendeu a falar com apenas metade de uma corda vocal!

Quem Deus chamou para enviar os missionários com o Livro de Mórmon e estabelecer a Igreja em países sobre o jugo do comunismo no leste europeu? o Presidente Ezra Taft Benson - um adversário aberto do comunismo! E no processo, o comunismo se esfarelou em praticamente todos aqueles países durante o período de sua presidência.

Quem Deus chamou para se levantar novamente e falar como o décimo quarto Presidente da Igreja? O Presidente Howard W. Hunter – que havia sofrido lesão mecânica na medula espinhal, resultando em paralisia total dos membros inferiores!

Por mais de dois anos e meio, ele não conseguia mexer os membros inferiores. Testes médicos avançados não lhe deram qualquer esperança de que um dia ele poderia andar ou ficar em pé de novo. De forma milagrosa - sem qualquer precedente - uma parte considerável de suas funções retornaram, de modo que ele pode andar de novo com auxílio e levantar-se como um profeta de Deus.

Assim é com os profetas do passado, presente, e futuro. Eles também "precisam ser corrigidos e provados, assim como Abraão.”

Quando as dificuldades nos pesam sobre os ombros, muito bem ainda pode ser obtido. Shakespeare escreveu:

Doces são os usos da adversidade,
Que assim como o sapo, feio e venenoso,
Ainda ostenta uma joia preciosa sobre a cabeça.


Uma expressão do Senhor é ainda mais explícita: "Pois após muitas atribulações vêm as bênçãos." (D&C 58:4.) William Penn resumil em quatro palavras: “Sem cruz, sem coroa.”

Finalmente, para o adulto, para o idoso e o deficiente, o portal da morte pode levar ao alívio bem-vindo das doenças do aprisionamento físico. O portal se abre para oportunidades recém-nascidas. 

Todo o trabalho e a espera valem a pena, pela possibilidade de retorno ao lar celestial e à reunião familiar, ressurreição, imortalidade e vida eterna.

 

Continuar lendo...

 
Charlles Nunes
Enviado por Charlles Nunes em 21/06/2020
Alterado em 22/06/2020
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras